Filho de professor António Lima-de-Faria visitou Cantanhede

Martin Lima-de-Faria, filho de António Lima-de-Faria, geneticista natural de Cantanhede e radicado na Suécia desde a década de 1950, esteve hoje, 12 de julho, nos Paços do Concelho de Cantanhede, onde foi recebido pelo vice-presidente da Câmara Municipal, Pedro Cardoso, juntamente com o ex-presidente da autarquia Rui Crisóstomo.

Na ocasião, em representação de Helena Teodósio, o vice-presidente “manifestou-se honrado por receber o filho de tão importante individualidade cantanhedense que infelizmente, devido às restrições impostas no âmbito do combate à pandemia de covid-19, se viu impedido de se deslocar a Cantanhede no passado dia 4 de julho para assistir às do centenário do seu nascimento organizadas pelo Município. Felizmente o streaming permitiu ultrapassar essa limitação e o Professor Lima-de-Faria pôde assistir à homenagem que contou com a colaboração empenhada de muita gente e que, estou certo, correspondeu às suas expetativas, como de resto transpareceu na sua intervenção final”, afirmou o autarca. 

Por seu lado, Martin Lima-de-Faria congratulou-se com “o grande reconhecimento que a Câmara Municipal tem demonstrado para com o percurso académico e científico do meu pai e também pelo acolhimento que, em seu nome, tem dado a ações em prol da ciência e do acesso ao conhecimento pelos mais novos, nomeadamente com o prémio que distingue o melhor aluno do ensino secundário e as bolsas de inovação científica”, tendo-se manifestado muito “agradecido pela forma inexcedível como o executivo camarário celebrou o centenário do seu nascimento. Foi um acontecimento muito especial para o meu pai e para toda a família”, concluiu.

No encontro, Pedro Cardoso entregou a Martin Lima-de-Faria algumas lembranças, entre as quais o DVD com o documentário apresentado pelo Município de Cantanhede no âmbito das comemorações do centenário do nascimento do Professor Doutor António Lima-de-Faria e alguns exemplares do livro com textos de alunos do agrupamento de escolas de que é patrono a partir de motes que o próprio enunciou. “A verdade e a beleza não se podem separar”, assim se intitula o livro, contém ainda textos de professores e amigos próximos do cientista.

Recorde-se que Martin Lima-de-Faria criou recentemente a empresa Sustentartillery Portugal, Lda. Sedeada na incubadora Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, atua na área da produção de trabalhos na área da arte, inovação e sustentabilidades.

Sobre António Lima-de-Faria
António José Cortesão Lima de Faria nasceu em Cantanhede a 4 de julho de 1921 e doutorou-se em genética pela Universidade de Lund (Suécia), onde, desde o início da década de cinquenta do século passado, se destacou como proeminente cientista e docente.
Com uma carreira reconhecida a nível mundial pelo seu contributo para o avanço da ciência, particularmente no campo da citogenética molecular, do seu currículo académico e científico salienta-se a vasta atividade em algumas das mais prestigiadas universidades e institutos da sua área de investigação, nomeadamente nos Estados Unidos e Grã-Bretanha, bem como o seu trabalho como membro e consultor de influentes organismos e comités internacionais no domínio da pesquisa científica.