Freguesia da Cordinhã

Situada na zona leste do Concelho, a sete quilómetros da Cidade de Cantanhede, a freguesia compõe-se de quatro lugares principais: Cordinhã, Ourentela, Azenha e Arnosela. Confina com Ourentã, a Norte, Murtede, a Nascente, Portunhos, a Sul, e Cantanhede, a Poente.
A antiga freguesia de Santo André da Cordinhã foi um priorado da apresentação dos Condes de Pombeiro, no termo de Cantanhede, dando de rendimento duzentos mil réis.
Teve juiz pedãneo (juiz ordinário que julgava de pé nos Concelhos menos importantes), confirmado pelo juiz de fora de Coimbra.
No ano de 1839 aparece na comarca da Figueira da Foz, em 1852, na de Cantanhede, e em 1879, no julgado de Ançã.
A freguesia, irrigada por dois ribeiros, é sobretudo agrícola. Produz um vinho de muita qualidade e cor, além de milho, batata, centeio, cevada, trigo, aveia, feijão, hortaliças, etc. Nos últimos anos tem-se desenvolvido a suinicultura.
Dedicada a Santo André, a igreja paroquial situa-se no extremo noroeste do lugar da Cordinhã. Desconhece-se a data da sua fundação, mas sabe-se que foi reedificada no século XVIII. A torre, de remate em pirâmide, ergue-se à esquerda da fachada.
O cruzeiro, datado de 1689, é constituído por uma coluna dórica e ergue-se no adro da Igreja. Presume-se, de acordo com a tradição local, que primitivamente tivesse estado de fronte da Capela de Nossa Senhora do Ó, no lugar de Ourentela.


Morada:
Rua Professor Joaquim Pires dos Santos, nº17
3060-260 CORDINHÃ

GPS: 40.336962, -8.536762

E-mail: freguesiacordinha@sapo.pt
Website: http://freguesiadecordinha.pt/

Sr. José Carlos Póvoa dos Santos - Presidente ( 919 953 859 / jpovoasantos@gmail.com)
Sr. Nélio Filipe de Oliveira Ventura – Secretário
Srª Cátia Sofia Mendes Pereira – Tesoureira
Srª Andreia Susana dos Santos Rodrigues.

Conteúdo atualizado a 31.08.2020