Freguesia de Febres

Município de Cantanhede

Constituída através do desmembramento da freguesia de Covões em 1791, da qual recebeu alguns lugares, Febres e Boeiro, ou simplesmente Febres, deve o seu nome ao facto de aí terem existido diversos e variados boeiros e riachos.
"O Marialva", Boletim Informativo de Cantanhede, referia, em 1963: "Nasceram nesta freguesia e dali partiram para a sua peregrinação os célebres malas-verdes (ourives ambulantes), que, mais tarde, dariam origem às orgulhosas ourivesarias de hoje, espalhadas por todo o país, África e até Brasil - que, já hoje, não são só o orgulho da freguesia, mas sim do Concelho de Cantanhede e dos concelhos vizinhos, Mira e Anadia."

O anterior templo paroquial era muito antigo, apesar de não se conhecer a data da fundação. Foi demolido e, em sua substituição, erguida noutro local, distante 150 metros, a actual Igreja. O estilo arquitectónico manteve-se, o que se alterou foi a elegância e o prospecto exterior. Em honra de Nossa Senhora das Febres, tem festa anual com romaria, a 8 de Setembro.


Morada:
Praça Florindo José Frota, nº. 18
3060-318 FEBRES

GPS: 40.400995, -8.629668

E-mail: geral@freguesiadefebres.pt
Website: http://www.freguesiadefebres.pt

geral@freguesiadefebres.pt
presidente@freguesiadefebres.pt
secretario@freguesiadefebres.pt
tesoureiro@freguesiadefebres.pt
cultura@freguesiadefebres.pt

Conteúdo atualizado a 21.10.2020