CLDS CANTANHEDE 3G - INTERVIR, INTEGRAR E INCLUIR”

Os CLDS 3G têm o objetivo de contribuir para o aumento da empregabilidade, para um combate articulado contra a pobreza crítica, em especial, garantindo uma maior proteção às crianças, jovens e idosos, de modo a potenciar os territórios e a capacitação dos cidadãos e famílias, promovendo a equidade territorial, a igualdade de oportunidades e a inclusão social nas suas mais diversas dimensões.

Apresentação

O Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (Programa CLDS), criado e regulado pela Portaria n.º 396/2007 de 2 de abril, com as alterações introduzidas pela Portaria n.º 285/2008, de 10 de Abril, tem como finalidade originária promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissectorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

Os Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS) têm vindo a ser implementados de modo paulatino desde 2007. Durante este período foi possível identificar alguns constrangimentos à concretização das ações contempladas em plano de ação e que se prendem, sobretudo, com a desadequação dos atuais normativos reguladores face à conjuntura socioeconómica contemporânea.

O processo a que Portugal se obrigou no âmbito do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) impele a acautelar um cenário de emergência social. Os instrumentos de política social têm sido, por isso, ajustados às concretas necessidades das pessoas e dos territórios, sendo capazes de acompanhar os desafios sociais atuais.

Os CLDS, como instrumentos de política social, contêm a inegável virtude de valorizar a proximidade e darem soluções concretas aos que delas carecem. É criada, assim, uma nova vaga de CLDS, os CLDS3G (Portaria n.º 179-B/2015 de 17 de junho). Estes instrumentos de política social surgem de modo a potenciar os territórios e a capacitar os cidadãos e famílias, promovendo a equidade territorial, a igualdade de oportunidades e a inclusão social nas mais diversas dimensões. Por tal, o foco de ação dos CLDS 3G, ainda que mantenha em atenção a preocupação nuclear com os territórios especialmente afetados pelo desemprego e com os territórios marcados por situações críticas de pobreza, em especial a pobreza infantil, têm agora em Cantanhede especial enfase as medidas de combate aos isolamento e à exclusão social de pessoas envelhecidas ou com mobilidade reduzida (Cantanhede foi caraterizado como sendo um território que se insere nesta última tipologia).

Aos CLDS 3G é ainda aberta a oportunidade de serem recapacitados através da Rede Social. A Rede Social, enquanto uma plataforma que incentiva as autarquias e as entidades públicas ou privadas a trabalharem na área da ação social, conjugando os seus esforços para prevenir, atenuar ou erradicar situações de pobreza e de exclusão, promovendo o desenvolvimento social local através de um trabalho em parceria, é, por excelência, um espaço de maximização dos objetivos dos CLDS 3G. Aliás, o processo de consolidação da Rede Social em Portugal continental, de forma diversa e progressiva, permitiu o reconhecimento de um número significativo de territórios capazes de sustentar o desenvolvimento dos CLDS 3G pela experiência adquirida no trabalho em parceria e no planeamento. Deste modo, e tendo em mente a finalidade dos CLDS 3G, o dinamismo observado nos territórios com a cultura da Rede Social consolidada, é considerado um fator acrescido para a boa prossecução das suas funções e dos seus objetivos.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social Cantanhede 3G “Intervir, Integrar e Incluir” surge da abertura do Concurso para Apresentação de Candidaturas – Aviso POISE -32-2015-08. De imediato, foi efetuada a adesão, e na sua parceria formal de desenvolvimento, o CLDS Cantanhede 3G, compreende duas entidades: a AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego, enquanto Entidade Coordenadora Local da Parceria e a Câmara Municipal de Cantanhede, como entidade que preside o Conselho Local de Ação Social de Cantanhede. Na sua parceria mais alargada compreende o Centro de Emprego de Coimbra e o Gabinete de Inserção Profissional de Cantanhede (resposta desenvolvida pela Associação Empresarial de Cantanhede, com o apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional).

O CLDS Cantanhede 3G tem duração de 36 meses sendo cofinanciado pelo Fundo Social Europeu (FSE).


Eixos de Intervenção / Atividades

O Eixo 1. Emprego, Formação e Qualificação visa promover a inclusão profissional e a aproximação ao mercado de trabalho, em parceria, da população do concelho em situação de desvantagem profissional (jovens desempregados, pessoas com deficiência, adultos em idade ativa desempregados, beneficiários de RSI ou de outra prestação social), potenciando, de forma empreendedora, percursos de vida alternativos e integradores. O CLDS 3G promove ainda as iniciativas tradicionais, contribuindo para potenciar as economias locais e regionais.

Ações:
- Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego;
Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território;
- Apoio ao enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico;
- Informar e encaminhar para oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas;
- Sensibilização dos empresários, das instituições e entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização de medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social;
- Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluam o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento da integração profissional;
- Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa, da inovação, da criatividade, do gosto pelo risco e que constituam uma primeira abordagem à atividade empresarial;
- Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e/ou regionais, de modo a potenciar o território e a empregabilidade.


O Eixo 2. Intervenção Familiar e Parental visa proporcionar a aquisição de competências pessoais, sociais e familiares a indivíduos e famílias, dotando-as de recursos que promovam a sua capacitação, diminuindo as situações de dependência dos serviços de intervenção social, potenciando a sua autonomia e a melhoria da sua qualidade de vida. O CLDS Cantanhede 3G tem agora, em Cantanhede, especial enfase nas medidas de combate ao isolamento e à exclusão social de pessoas envelhecidas ou com mobilidade reduzida (Cantanhede foi caraterizado como sendo um território que se insere nesta última tipologia).

Ações:
- Estratégias genericamente aplicáveis ao nível da qualificação das famílias, designadamente informação dos seus direitos de cidadania, desenvolvimento de competências e aconselhamento em situação de crise;
- Estratégias direcionadas para as crianças e jovens, promovendo estilos de vida saudáveis e de integração social, numa perspetiva holística e de envolvimento comunitário, nomeadamente ao nível da promoção: da saúde, do desporto, da cultura e da educação para uma cidadania plena;
- Estratégias direcionadas para a mediação dos conflitos familiares, particularmente no caso de famílias com crianças, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e/ou as suas crianças, promovendo a capacitação das famílias e a proteção e promoção dos direitos das crianças e jovens; - Ações socioculturais que promovam o envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas;
- Ações de combate à solidão e ao isolamento; Desenvolvimento de projetos de Voluntariado de proximidade.


O Eixo 3. Capacitação da comunidade e das instituições visa promover a participação da comunidade e das Instituições para a melhoria da qualidade de vida, quer institucional, quer do tecido populacional, através da implementação de um conjunto de atividades que potenciem e valorizem o território concelhio (quer pela atratividade local, quer pelo dinamismo empreendedor institucional).


Ações
- Desenvolvimento de ações de apoio técnico à auto-organização dos habitantes e à criação /revitalização de associações, designadamente de moradores, temáticas ou juvenis, através de estímulo dos grupos alvo, de disponibilização de espaços para guarda de material de desgaste e de apoio;
- Desenvolvimento de instrumentos facilitadores tendo em vista a mobilidade de pessoas a serviços públicos de utilidade pública, a nível local, reduzindo o isolamento e a exclusão social.


Parceiros / Contactos

Entidade que Preside o Conselho Local de Ação Social de Cantanhede
Câmara Municipal de Cantanhede
Praça Marquês de Marialva, Apartado 154
3064-909 Cantanhede
Tel.: 231 410 100| 231410123| Fax: 231 410 199
Email: redesocialcantanhede@gmail.com
Site: www.cm-cantanhede.pt
Entidade Coordenadora Local da Parceria
AD ELO - Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego
Rua António Lima Fragoso, Nº 22
3060-216 Cantanhede
Tel.: 231 419 550 | Fax: 231 419 559
Email: geral@adelo.pt
Site: www.adelo.pt
Concelho Local de Ação Social de Cantanhede

- ACAP - ASSOCIAÇÃO CÍVICA DOS AMIGOS DA FREGUESIA DA POCARIÇA
- ADELO – ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO LOCAL DA BAIRRADA E MONDEGO
- AEC – ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE CANTANHEDE
- ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO PROGRESSO E VIDA DA TOCHA
- EMPRESA SERVICANT, LDA.
- APPACDM NÚCLEO FUNCIONAL DA TOCHA
- ASSOCIAÇÃO SÓCIO CULTURAL PRÓ-LEMEDE
- ASSOCIAÇÃO SÓCIO CULTURAL E RECREATIVA DA CAMARNEIRA
- CARITAS DIOCESANA DE COIMBRA - ZONA DE CANTANHEDE
- CENTRO DISTRITAL DE COIMBRA
- CENTRO DE MEDICINA DE REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO - ROVISCO PAIS
- UNIDADE DE ALCOOLOGIA DE COIMBRA
- CENTRO PAROQUIAL SOLIDARIEDADE SOCIAL DE ANÇÃ
- ACES DO BAIXO MONDEGO - CENTRO DE SAÚDE DE CANTANHEDE
- CENTRO SOCIAL E CARITATIVO DA FREGUESIA DE BOLHO
- CENTRO SOCIAL COMUNITÁRIO DA VARZIELA
- CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CADIMA
- CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CORDINHÃ
- CENTRO SOCIAL E POLIVALENTE DE OURENTÃ
- COMISSÃO DE MELHORAMENTOS DE VILAMAR
- CPCJ DE CANTANHEDE
- DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO – AGRUPAMENTO GÂNDARA MAR
- ESCOLA TÉCNICA E PROFISSIONAL DE CANTANHEDE
- FUNDAÇÃO FERREIRA FREIRE
- FUNDAÇÃO PIRES NEGRÃO
- GUARDA NACIONAL REPUBLICANA DE CANTANHEDE
- HOSPITAL DO ARCEBISPO JOÃO CRISÓSTOMO
- CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE COIMBRA DO IEFP
- DIRECÇÃO REGIONAL DE REINSERÇÃO SOCIAL - EQUIPA DE CÍRCULO JUDICIAL DA FIGUEIRA DA FOZ
- INSTITUTO PORTUGUÊS DA JUVENTUDE
- JUNTA DE FREGUESIA DE ANÇÃ
- JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SEPINS E BOLHO
- JUNTA DE FREGUESIA DE CADIMA
- JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE COVÕES E CAMARNEIRA
- JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE CANTANHEDE E POCARIÇA
- JUNTA DE FREGUESIA DE CORDINHÃ
- JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE VILAMAR E CORTICEIRO DE CIMA
- JUNTA DE FREGUESIA DE FEBRES
- JUNTA DE FREGUESIA DE MURTEDE
- JUNTA DE FREGUESIA DE OURENTÃ
- JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE PORTUNHOS E OUTIL
- JUNTA DE FREGUESIA DA SANGUINHEIRA
- JUNTA DE FREGUESIA DE S. CAETANO
- JUNTA DE FREGUESIA DA TOCHA
- ASSOCIAÇÃO “OS AMIGOS DE S. JOÃO DE CANTANHEDE” - ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE, NATUREZA E AMBIENTE
- PLASCE - ASSOCIAÇÃO SOCIAL, CULTURAL E ECOLÓGICA DA PÓVOA DA LOMBA
- PRODECO – PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO DE COVÕES
- SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE CANTANHEDE
- ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL SOCIEDADE COLUMBÓFILA CANTANHEDENSE
- CENTRO PAROQUIAL DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DE FEBRES
- CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO CAETANO
- CENTRO SOCIAL POLIVALENTE DA FREGUESIA DE MURTEDE
- INSTITUTO DE SEGURANÇA SOCIAL, I.P.
- TRIBUNAL JUDICIAL DE CANTANHEDE
- SERVIÇOS LOCAIS DE CANTANHEDE DO CENTRO DISTRITAL DE COIMBRA
- GABINETE DE APOIO À VÍTIMA DE COIMBRA - ASSOCIAÇÃO DE APOIO À VÍTIMA
- ASSOCIAÇÃO DO CENTRO CÍVICO POLIVALENTE “O EMIGRANTE” 
- CÂMARA MUNICIPAL DE CANTANHEDE
- AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GÂNDARA-MAR
- AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FINISTERRA - CANTANHEDE 
- CENTRO DE ESTUDOS E INVESTIGAÇÃO EM SERVIÇOS SOCIAIS (C.E.I.S.S)
- EAPN PORTUGAL/REDE EUROPEIA ANTI-POBREZA – NÚCLEO DISTRITAL DE COIMBRA
- AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA - CANTANHEDE
- INSTITUTO DA DROGA E DA TOXICODEPENDÊNCIA
- ASSOCIAÇÃO DINAMIZADOR DO NÚCLEO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A IGUALDADE PARENTAL E DIREITOS DOS FILHOS - NÚCLEO REGIONAL DE COIMBRA

Equipa Técnica

- Coordenadora Técnica
- Animadora Socioeducativa
- Assistente Social
- Educadora Social


Links de Interesse

Segurança Social http://www4.seg-social.pt/
Instituto do Emprego e Formação Profissional http://www.iefp.pt/
APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima http://apav.pt/apav_v2/index.php/pt/
Associação Nacional de Direito ao Crédito http://www.microcredito.com.pt/
Instituto Português do Desporto e da Juventude http://www.ipdj.pt/
Programa Operacional Potencial Humano http://www.poph.qren.pt/
CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social http://www.cases.pt/
CCDRC - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro https://www.ccdrc.pt/
Centro de Estudos Sociais – Laboratório Associado – Universidade de Coimbra http://www.ces.uc.pt/
AEC – Gabinete de Inserção Profissional de Cantanhede http://www.aec.pt/scripts/cv.dll?sec=univa&pass=apresentacao
Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género http://www.cig.gov.pt/
Observatório do Tráfico de Seres Humanos http://www.otsh.mai.gov.pt/
Julgado de Paz do Agrupamento de Cantanhede, Mira e Montemor-o-Velho http://www.conselhodosjulgadosdepaz.com.pt/julgados.asp#JPCNT
Associação Nacional de Jovens Empresários http://www.anje.pt/
Portal do Empreendedor http://empreendedorismo.pt/
Programa Estratégico para o Empreendedorismo e a Inovação (+e+i) http://www.ei.gov.pt/index/
Programa Garantia Jovem https://www.garantiajovem.pt/
Portugal 2020 https://www.portugal2020.pt/Portal2020

Conteúdo atualizado a 27.07.2020