LIVROS ADULTOS

A Última Colina / Urbano Tavares Rodrigues
SINOPSE
Conjunto de contos que reúne textos inéditos e outros que andavam dispersos.
um grande espaço neste novo conjunto de contos de Urbano Tavares Rodrigues, a par de textos totalmente realistas, onde são colocados grandes problemas do nosso tempo e de sempre.
Nuns e noutros, com a riqueza de imaginação e o halo poético da linguagem de Urbano, nota-se um desejo de intervenção que, sem diminuir a qualidade estética da obra, lhe confere uma acentuada importância social.
Há neste livro cenas e paisagens inesquecíveis da Lisboa de hoje, onde a miséria cresce no meio da corrupção e da especulação desenfreada, como há a visão de Beirute em escombros, após os bombardeamentos. E personagens insólitas, arrancadas ao mistério da vida.” (Wook)
Cota 821.134.3-34 ROD (45841) BMC
Gestão e Tratamento de Resíduos
SINOPSE
“A produção de resíduos tem vindo a afirmar-se, de forma crescente, com uma grande importância, tanto a nível económico como a nível tecnológico. Assim sendo, a gestão adequada dos resíduos contribui para a preservação dos recursos naturais, quer através da prevenção, quer através da reciclagem e valorização, assegurando a otimização de objetivos ambientais. No entanto, o cumprimento destes objetivos obriga a uma orientação do comportamento dos operadores económicos e consumidores finais, no sentido da redução da produção de resíduos e do seu tratamento mais eficiente. Por isso, é fundamental a identificação e caracterização dos resíduos e a utilização de meios logísticos adequados à recolha de cada resíduo em função das suas características específicas.
Ora, existem vários tipos de resíduos, sendo os mais comuns os resíduos sólidos urbanos, que incluem os lixos domésticos, os plásticos, o vidro ou as pilhas; os resíduos industriais; e os resíduos de demolição e construção. O destino final do resíduo é determinado consoante o destino final ambientalmente mais adequado para o resíduo em causa. Alguns são destruídos por queima, outros são depositados em locais especiais denominados de aterros, outros são aproveitados para fazer adubos através de uma técnica denominada de compostagem, outros ainda, como os óleos usados dos motores, são regenerados (sofrem um processo que os transforma em óleo pronto para ser utilizado novamente, com características de óleo novo). As operações de gestão de resíduos passam pela recolha, transporte, armazenagem, triagem, tratamento, valorização e eliminação de resíduos, e também por operações de descontaminação de solos e a monitorização dos locais de deposição. Comportam riscos para o ambiente e para a saúde humana, e como tal, é necessária a imposição de requisitos mínimos para as instalações de incineração e coincineração de resíduos e valores limites de emissão de certos poluentes para a atmosfera. Por outro lado, os centros integrados de recuperação, valorização e eliminação de resíduos perigosos, permitem a redução e valorização de resíduos e a sua posterior utilização como matéria-prima no mesmo processo ou em processo de fabrico diferente.
Deste modo o panorama do sector dos resíduos, importante vetor da atividade económica, deve ter como finalidade primordial a redução da produção de resíduos e a promoção da sua reutilização e reciclagem, com vista à proteção da saúde humana e do ambiente.” (Wook)
Cota 628 POR (41748) BMC
Luís Pinto-Coelho: Autobiografia / Luís Pinto-Coelho
SINOPSE
“Autobiografia, de Luís Pinto-Coelho, poderia ser a história de um grande pintor contada pelas suas próprias palavras. Mas, entendida apenas nessa perspetiva, não faria justiça ao brilhante testemunho que o autor nos oferece de diferentes épocas e sociedades e do seu convívio intenso com políticos, intelectuais ou artistas de renome mundial. Luís Pinto-Coelho escreveu este livro depois de ter conhecimento que uma grave doença não lhe daria mais tréguas. Esta obra é o autorretrato de um artista, pintado com as cores da ternura, da sinceridade, do perdão, do humor, da gratidão e do afeto.” (Wook)
Cota 929 COE (45599) BMC
Crepúsculo: Luz e Escuridão / Stephenie Meyer
SINOPSE
“A respeito de três aspetos, eu estava absolutamente segura. Em primeiro lugar, Edward era um vampiro. Em segundo lugar, uma parte dele - e eu não sabia qual era o poder dessa parte - ansiava pelo meu sangue. Por fim, em terceiro lugar, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele.” (Wook)
Cota 821.111(73)-3 MEY (45978) BMC
Uma janela com vista sobre os telhados / Suzanne Kelman
SINOPSE
“1941, Amesterdão está ocupada pelos nazis. Uma inesquecível história de amor, esperança e traição, e um testemunho da coragem da Humanidade nos dias mais negros da História.
Quando os nazis ocupam a sua adorada cidade, o professor Josef Held sente-se impotente. Mas, ao descobrir que o antigo aluno Michael Blum anda a tentar fugir à Gestapo, oferece-lhe abrigo no seu sótão.
Na serena obscuridade desse aposento secreto, Michael fala-lhe da sua bela e destemida namorada, Elke, e garante que nem mesmo os nazis conseguirão separá-los. Mas Elke é uma rapariga holandesa não judia, e a sua relação é estritamente proibida.
Josef vê a determinação apaixonada no olhar do jovem amigo. Enfurecido com as regras impostas pelos cruéis soldados alemães e lembrando-se do seu próprio desgosto amoroso, sente-se desesperado para oferecer uma oportunidade ao amor de Michael e Elke. Mas é então que a tragédia o atinge e Josef é confrontado com uma escolha impossível.
Nos dias sombrios da guerra, com o perigo e a traição a cada esquina, não se pode confiar em ninguém. Para que Michael sobreviva e regresse para junto da mulher que ama, caberá a Josef encontrar o herói que há dentro
de si, e fazer tudo que for preciso para manter Michael vivo. Mesmo que isso signifique colocar a sua vida em risco.
Uma bela e enternecedora história sobre coragem, altruísmo e sacrifício.”(Wook)
Cota 821.111(73)-3 KEL(45729) BMC
Dividida / Zainab Salbi
SINOPSE
“Zainab Salbi tinha apenas onze anos quando o pai foi escolhido como piloto pessoal de Saddam Hussein e a sua vida ficou marcada para sempre por esse facto. A mãe, a bela Alia, ensinou-lhe os dons necessários para sobreviver: um sorriso de plástico, dizer a tudo que sim, enterrar em compartimentos no cérebro os horrores que via à sua volta. «Aprende a apagar as recordações», ensinava-lhe. «Saddam sabe ler-nos nos olhos.» Nestas memórias muito ricas do ponto de vista visual, uma líder na luta pelas mulheres vítimas de guerra, revela os seus laços com um ditador, depois de os ter mantido em segredo durante anos. Descreve a tirania como a viu através dos olhos de uma criança privilegiada, de uma adolescente rebelde, de uma mulher violada e, por fim, de uma figura pública que se esforça por vencer o dom que a manteve viva: o silêncio.
Zainab tinha apenas vinte anos quando a mãe a convenceu a aceitar um casamento arranjado na América. Viu-se de repente casada com um desconhecido que a maltratava e fugiu-lhe. Afastada do seu país e da família pela Guerra do Golfo, sem saber que a mãe a mandara embora para a salvar de um interesse cada vez maior de Saddam por si, recomeçou a vida. Só quando Alia estava a morrer é que Zainab se apercebeu de que tinha visitado zonas de guerra em todo o mundo interrogando mulheres em busca das respostas que só a mãe podia dar-lhe.
Dividida é uma procura emocionante da verdade que aprofunda a nossa compreensão de temas universais como o poder, o terror, a submissão sexual e a pergunta que uma geração faz à anterior: como deixaram que isto nos acontecesse? A criança que havia em Salbi precisava de saber por que razão o pai não a levara dali a voar…” (WOOK)
Cota 821.111(73)-94 SAL
Santo António de Lisboa / Francisco da Gama Caeiro
SINOPSE
A coleção Pensamento Português visa trazer a público um conjunto de obras fundamentais de autores portugueses, algumas por sua raridade tornadas praticamente inacessíveis, outras injustamente esquecidas, não obstante os seus méritos intrínsecos. Série dirigida pelo Professor Francisco da Gama Caeiro.
COTA 869.0-94 (3624) BMC
1000 Sabores da Doçaria Conventual
SINOPSE

A cozinha dos mosteiros conservou e enriqueceu as tradições gastronómicas do nosso país. Neste livro oferecemos-lhes um compêndio dessas receitas, geralmente confecionadas com ingredientes simples e básicos, para que possamos saboreá-las e adoçar os nossos lares.

COTA 641.5 (41976) BMC
Cidades de Papel / John Green
SINOPSE
Quentin Jacobsen e Margo Roth Spiegelman são vizinhos e amigos de infância, mas há vários anos que não convivem de perto. Agora que se reencontraram, as velhas cumplicidades são reavivadas, e Margot consegue convencer Quentin a segui-la num engenhoso esquema de vingança. Mas Margot, sempre misteriosa, desaparece inesperadamente, deixando a Quentin uma série de elaboradas pistas que ele terá de descodificar se quiser alguma vez voltar a vê-la. Mas quanto mais perto Quentin está de a encontrar, mais se apercebe de que desconhece quem é verdadeiramente a enigmática Margot.
Cidades de Papel é um romance entusiasmante, sobre a liberdade, o amor e o fim da adolescência.
COTA 820(73) - 3 GRE (43107) BMC
O Prazer e a Dor – Diónisos na Escola de Apolo / José Reis
SINOPSE

“É conhecido o papel que A. Damásio atribui ao sentimento. Ora este é ainda muito mais importante. É - ele que é o prazer e a dor, em todas as suas relações e modalidades, físicas e psicológicas - a única coisa que move o homem. É isto o que o presente ensaio pretende mostrar não só a partir da Ética de Aristóteles, mas mesmo a partir da de Kant; bem como pretende mostrá-lo, no domínio da Religião, a partir de Feuerbach e de Freud.
E ao mesmo tempo o dito sentimento, que até agora tem sido tomado como inapreensível - como a outra face da Lua -, revela-se afinal tão definível, e por isso tão dominável, como tudo o mais. Diónisos, sem perder nada do que o constitui, ao contrário, mostrando-se de um modo tanto mais nítido quanto é rigorosa a sua análise, passa a ir à escola de Apolo.
José Reis foi professor de Filosofia na Universidade de Coimbra. É autor, para além da obra Nova Filosofia, de vários artigos como «Sobre o conceito de Ser», «A função do estético», «O riso segundo Bergson e Lalo», etc. Os três grandes problemas de que tem tratado são: a Causalidade; o Conhecimento; e a Ética, a Estética e a Religião - o domínio dos valores, pois - enquanto interpretadas em termos de Prazer e de Dor.” (WooK)

COTA 1 REI (45085) BMC

LIVROS INFANTOJUVENIS - Sugestão de Fátima Lopes




Will Moogley : agência de viagens
“Will e o seu amigo Tupper andam às voltas com um caso insólito. Jerrold, um espectro que em vida era guarda noturno de um museu, tem um único desejo: conseguir finalmente dormir! Mas nem mesmo como fantasma o pobre Jerrold consegue ter um pouco de paz: a sua velha casa foi ocupada pela barulhenta e insuportável família Clifford. É esse então o estranho encargo que Will aceitou: expulsar da casa de um fantasma… os vivos!” (Wook)
Cota 1-C BAC (36435) BMC

O livro com medo
“Para crianças a partir dos dois anos de idade, este livro, cartonado, com textos de Cédric Ramadier e ilustrações de Vincent Bourgeau ajuda as crianças a lidar com uma das emoções mais comuns entre os mais pequenos: o medo.” (Wook)
Cota 2-A RAM (44260) BMC

A viagem da mamã
“A mamã vai viajar. Na mala leva as meias, os livros e até o vestido às riscas. Não nos pode levar com ela. O papá e eu ficamos em casa… Depois do sucesso de "Mamã", também publicado pela Kalandraka e vencedor do VI Prémio Internacional Compostela para Álbuns Ilustrados, Mariana Ruiz Johnson põe agora em foco, neste novo álbum, a experiência de uma mãe que tem de se ausentar de casa durante uns dias por motivos de trabalho, cabendo ao pai cuidar do filho ainda pequeno. (Wook)
Cota A-A JOH (42610) BMC

Elmer e o arco-íris
“O Elmer fica triste quando o arco-íris perde as cores. Ele quer ajudar, mas que lhe acontecerá se ele der ao arco-íris as suas próprias cores? Irá ficar sem elas para sempre? Uma bela história sobre o que significa dar e partilhar. O elefante Elmer, criação do autor ilustrador inglês David McKee, é famoso no mundo inteiro.” (Wook)
Cota 2-A McK (33518) BMC

A minha primeira viagem
“Viajo feliz dentro desta nave.
TUM-TUM… TUM-TUM.
É o som dos motores.
Não tenho bússola nem mapas para me guiar.
Um dia abri os olhos e estava aqui,
em viagem para algum lugar.
Como cheguei eu até à minha cápsula? Não me lembro…
Para onde vou? Não sei…” (OQO).
Cota 2-A SÁN (39321) BMC

Uma letra, mil palavras
“As letras puseram-se a brincar entre si e então aconteceu uma coisa nunca vista: surgiu um imenso mar de palavras no qual convivem agora alegremente um relógio avariado, um jacaré acrobata, uma formiga apressada, um pente desdentado, um rato astronauta…!” (Wook)
Cota 3-B RIB (39010) BMC

“A maratona mais louca o mundo” 1-B STI (45631) BMC
“O meu amigo Rataldo Rock, um dos mais famosos atletas de Ratázia, pôs-me furioso com o seu superprograma de treino... Depois, juntos, participámos numa corrida extrarrática onde me aconteceu de tudo, mas mesmo de tudo...” (Wook)

“Um gato na árvore” 2-A ALB (35138) BMC
“Um gato perseguido por um cão sobe a uma árvore muito alta e não consegue descer. Aqueles que passam por ali sobem com a intenção de ajudar; mas a situação vai-se complicando cada vez mais e a solidariedade dos bombeiros, vizinhos e familiares acaba por se tornar um problema para a árvore, já que não aguenta com tanto peso…
A história desenrola-se em cenários quotidianos, misturando o real com o fantástico e dando um ar credível a episódios à partida inverosímeis. Finalmente, tudo se resolve com a intervenção da natureza que, de forma simples e "muito natural", conduz esta história a um final feliz.
Este é um texto com muito humor e que capta o interesse crescente do leitor através do uso dos recursos essenciais da oralidade, da atenção aos pequenos pormenores da vida e que desperta o gosto pela experiência literária.
Segundo uma perspectiva semântica, a história apresenta jogos acumulativos usados de forma lúdica e muito expressiva, e oferece-se à possibilidade da dramatização e da experimentação a partir da leitura.
O narrador lança pequenas pistas ao leitor, dando-lhe informações que, em chave cómica, ajudam a compreender o estimulante relato e marcam uma pausa no seu fluxo que se desenrola a um ritmo trepidante.
A ilustradora francesa Géraldine Alibeu apresenta-nos uma forma original e eficaz de tratar a horizontalidade e a verticalidade dos espaços, aproveitando ao máximo a dupla página do álbum. Deixa os fundos planos, juntando-lhe apenas elementos que foquem a atenção sobre as personagens e sobre o que lhes sucede. Géraldine Alibeu trabalha combinando a pintura com a colagem e joga com uma paleta de cores muito matizada, distante das cores primárias.” (Wook)

“Um sonho de presente” 1-B GON (35593) BMC
“Já algum tempo que Sebastião pensava como seria bom ter um irmão, mas quando os pais lhe anunciam que vão ter um bebé, este menino de sete anos nem imagina a experiência maravilhosa que está prestes a conhecer. A princípio, Sebastião preferia ter um irmãozinho com quem pudesse jogar à bola, mas depressa se habitua à ideia de ter uma irmã de quem cuidar, especialmente quando os pais lhe dizem que pode ser ele a escolher o nome. Mas o melhor ainda está para vir… Pouco antes do nascimento, algo verdadeiramente extraordinário acontece, tão extraordinário que não podia constituir um presente mais perfeito para sebastião oferecer ao novo membro da família. Para saberes qual o presente que o Sebastião deu à irmã, não deixes de ler esta história repleta de sensibilidade, encanto e emoção.”

“Miko sai de casa” 2-A WEN (34084) BMC
“Sempre que o Miko quer brincar, a sua mamã tem um milhão de coisas que quer que ele faça primeiro. Mas agora foi de mais, ela interrompeu a sua brincadeira pela última vez! Miko está farto e decide sair de casa! Miko e Mimiko fazem a mala e abandonam o lar. A única pergunta é: para onde irão?”

“Por favor, Leonor” 2-A WIS (36314) BMC
“E se tivesses uma irmã mais nova tão chatinha que nunca te largasse, nunca parasse de mexer nos teus brinquedos e que te seguisse para onde quer que fosses? Assim é Leonor, a irmã de Jorge. Jorge desespera, suplica e deseja com todas as forças que a irmã desapareça ou que o deixe sossegado ou ainda que se transforme num… Ups! E agora, Jorge?! Vem descobrir o que aconteceu à Leonor depois do desejo do seu irmão!...” (Wook).

“Newton e a grande confusão” 2-A TYG (32813) BMC
“Está a chover! “Vamos chapinhar”, diz o Newton para o Joca. Mas Newton apenas encontra uma das galochas e as buscas começam, causando uma grande, grande confusão! Como se isso não bastasse, no meio de tanta desarrumação, Newton descobre que perdeu algo muito mais importante… Oh, não! Onde está o Joca?” (Wook)

O elefantezinho amarelo
“As páginas deste livro são, no dizer de Matilde Rosa Araújo "O testemunho de um avô que encontra, no falar dos netos, a voz da poesia. Versos simples, de graça e enternecido amor". Mais uma vez, as ilustrações de Rita Madeira são surpreendentes.” (Wook)
2-A CHA (35269) BMC

Orelhas de borboleta
“Ter as orelhas grandes, o cabelo rebelde, ser alto ou baixo, magro ou rechonchudo... até a mais insignificante característica pode ser motivo de troça entre as crianças. Por isso é necessário um livro que demonstre a todos, tanto àqueles que fazem como àqueles que recebem algum comentário depreciativo, que esse tipo de comportamento é reprovável.
E especialmente para os que são apontados pelos outros, a mensagem que lhes transmite este conto é que convertam em positivo aquilo que para outros é motivo de gozo. Porque se devem valorizar as características que nos diferenciam dos outros para nos distinguirem como seres especiais e únicos. Porque reconhecer e inclusive reivindicar a diferença nos fortalece, aceitando-nos como somos e reforçando a nossa personalidade. Esse é o primeiro passo para aprendermos a rir-nos de nós próprios...
Luisa Aguilar mostra uma grande sensibilidade neste texto singelo e cheio de força literária, que transporta o leitor para um mundo de formas, cores, emoções e sentimentos. A figura materna destaca-se como referente vital da protagonista, que responde aos comentários das outras crianças seguindo as indicações da sua mãe: aquilo que para os outros é um defeito, para a Mara é uma vantagem de que os outros carecem.” (Wook)
2-A AGU (34591) BMC

A viagem da mamã
“A mamã vai viajar. Na mala leva as meias, os livros e até o vestido às riscas. Não nos pode levar com ela. O papá e eu ficamos em casa…» Depois do sucesso de "Mamã", também publicado pela Kalandraka e vencedor do VI Prémio Internacional Compostela para Álbuns Ilustrados, Mariana Ruiz Johnson põe agora em foco, neste novo álbum, a experiência de uma mãe que tem de se ausentar de casa durante uns dias por motivos de trabalho, cabendo ao pai cuidar do filho ainda pequeno.” (Wook)
2-A JOH (42610) BMC

Olívia, a ovelha que não queria dormir
“A história da ovelha Olívia descreve a aventura de uma pequena e fofa ovelha que, mesmo com muito sono, não tinha vontade de dormir.
Desenvolvido com base na investigação científica mais atual, inclui, de forma subtil e harmoniosamente introduzidas na ação, técnicas de integração sensorial e relaxamento muscular progressivo que, através do imaginário, induzem estados emocionais destinados a organizar o sistema nervoso central e, assim, a acalmar a criança.
Para além do cheiro a alfazema, um indutor natural do sono, este livro está repleto de pequenos segredos que ajudam as crianças a adormecerem com mais facilidade e, acima de tudo, a dormirem a noite toda!” (Wook)
2-A ALM (44397) BMC

O coração do alfaiate
“O velho alfaiate vai descobri-lo graças a uma viagem, e nós graças a este emocionante livro de Txabi Arnal.
O autor basco, neste segundo trabalho com a OQO editora, regressa para nos contar a história deste alfaiate que sente um vazio imenso dentro do peito. E como a vida ociosa do palácio não o preenche, um dia foge da sua gaiola dourada.
Mas como poderia ele imaginar que o mundo andava tão esfarrapado! Há pobreza, desastres naturais, guerras…O velho alfaiate tem muito que coser e remendar! Só tem carrinhos de linha, agulhas de vários tamanhos e uma velha tesoura, mas onde chega, acaba com as tristezas. E como vai deixando amigos nos recantos do caminho, cada vez que deixa um lugar, o nosso protagonista ata a ponta da linha e vai soltando fio à medida que se afasta. Assim, todos os sítios visitados vão ficando ligados pelo fio, e deixa a rota traçada para quando decidir voltar.
Mas será apenas na derradeira ilustração, já sobre um mapa, que os leitores vão descobrir o verdadeiro significado da sua viagem. E a escolhida para nos revelar este segredo vai ser Cecília Varela.
A ilustradora, de origem argentina, apesar de estabelecida há vários anos no México, estreia-se com este álbum na OQO editora. Em palavras da artista, um certo traço de melancolia caracteriza o seu trabalho, e as suas técnicas favoritas para ilustrar são o acrílico e o lápis sobre papel. As imagens, umas vezes reforçam o que o texto diz, e outras desvelam aquilo que ele cala. E é assim que deve ser, na sua opinião, para que o leitor mergulhe alternativamente em qualquer um dos dois universos possíveis.
Em O Coração do alfaiate são muitos os pormenores que vale a pena comentar. O primeiro, a figura deste curioso protagonista. Reparem nele! O corpo dele não vos faz lembrar… um carrinho de linha? E o chapéu? Será um gorro ou um dedal? A sensibilidade de Cecília Varela brota nos sítios mais inesperados. Humaniza os elementos da natureza, como o sol e a lua que, lá do alto, nos sorriem ou nos olham assombrados. Também não lhe passam despercebidos esses pequenos gestos dos animais: o cão que olha de esguelha, o peixe que salta a querer morder a linha… e que tanta ternura encerram.
Para além disto, nunca como aqui, as janelas foram tão importantes. Através delas vemos os interiores das casas e mundos perfeitamente retratados nos seus pequenos pormenores: guardas que bocejam, porque será? E quem é esse menino que espreita pela janela agarrado ao seu porquinho? Um álbum mágico que se abre com um alfaiate dentro da sua gaiola particular, mas que se fecha de uma forma bem diferente: com um pássaro que voa livre. Não estás curioso?” (Wook)

2-A ARN (42630) BMC

Quero o meu chapéu
“O chapéu do urso desapareceu. E se ele nunca mais o encontrar?
Um dia o urso percebe que o seu chapéu vermelho e pontiagudo desapareceu. Paciente e educadamente, o urso pergunta a cada animal que encontra "Viste o meu chapéu?" mas… ninguém viu o chapéu. E se o urso nunca mais encontrar o chapéu? E se ninguém o descobrir? O mistério parece adensar-se, mas no fim percebemos que afinal alguns animais são menos honestos do que outros…. Uma história ternurenta e divertida sobre um urso ingénuo e o seu chapéu vermelho, que fará as delícias de miúdos e graúdos!” (Wook)
2-A KIA (40342) BMC


Leia a fábula e o cartaz “O velho, o rapaz e o burro”


“A árvore das patacas e sementes de macarrão” 2-A SOA (35357) BMC
Livro recomendado para o 2.º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Enganar os outros ou trabalhar para ganhar a vida. O que se deve fazer?
Estas duas histórias de Luísa Ducla Soares ajudam as crianças a refletir sobre este assunto e motivam-nas a pensar sobre algumas máximas populares:
"Espere sentado, ou você se cansa."
"Quem quer vai, quem não quer, manda."
"Quem não trabuca, não manduca." (Wook).

“O soldado João” 2-A SOA (36142) BMC
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 2.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

Esta não é a história de um guerreiro bravo e invencível, que sonha combater em busca da glória.
O soldado João era um rapaz simples, amigo de todos, que só queria viver em paz.
Como escapar às ordens do sargento, do capitão, do general que o mandavam matar quando ele só sabia manobrar a solidariedade, a alegria, o humor, desafiando todas as ordens militares?
Que lhe terá acontecido? (Wook)

“Diário de um migrante” 2-B ALM (44852) BMC
Esta é a história de um pássaro que tem de abandonar o seu país, a sua casa, família e amigos. Um livro que deixa uma mensagem de esperança para todos aqueles que também perderam as suas asas e têm de recomeçar. (Wook)

“O livro com fome” 2-A MAD (45456) BMC
Um livro hilariante para ler e reler! Devora estas páginas e descobre o que se passa com este livro comilão, onde a alimentação é abordada de forma lúdica e interativa. Excelente para leitura em voz alta. (Wook)

“O sapo é um herói” 2-A VEL (41924) BMC
Quando a chuva começa a cair e o rio galga as margens, o Sapo, a Pata, o Porco e a Lebre ficam isolados. O Sapo arrisca a vida para ajudar os amigos: é um herói.
Os livros do Sapo, publicados em numerosos países, abordam temas importantes com um humor calmo e inteligente. (Wook)

“Como te sentes?” 2-A BRO (39394) BMC
Uma voz omnisciente formula o questionário que faz com que o protagonista deste álbum, um simpático macaco humanizado, comece a expressar os habituais sentimentos e estados de ânimo que qualquer criança experimenta: aborrecimento, alegria, tristeza, enfado, culpabilidade, surpresa, curiosidade...
O texto, breve e simples, complementa-se na perfeição com as ilustrações, cujo destaque vai para a expressão e a atitude da personagem, adornadas com acessórios do quotidiano - brinquedos, pinturas, livros... - que reforçam cada conceito com a sua correspondente descrição visual.
Anthony Browne também joga com as cores, os tamanhos, as linhas cinéticas e as tipografias para intensificar a mensagem: tons sombrios para as sensações negativas e tons vivos para enfatizar as emoções positivas; figuras que diminuem para transmitir a solidão; traços ondulantes ou soltos para mostrar a descontração ou a irritação; palavras que crescem, encolhem, maiúsculas, minúsculas ou cursivas, em função da sua carga emotiva.
Como te sentes?" é um livro para primeiros leitores, especialmente concebido para que estes se familiarizem com a linguagem e a expressão das reações humanas; um livro de autoconhecimento e socialização que interage com o leitor quando e a vez do protagonista, no final, lhe devolver a pergunta inicial. (Wook)


Leia “Contos de Andersen”, Hans Christian Andersen (em versão PDF) em
https://www.dropbox.com/s/9e7774585uktkuo/metas_aerm_andersen_contos_de_andersen.epub


“A princesa espertalhona” 2-A COL (31844) BMC
Este é um livro que nos mostra uma princesa bem diferente das que marcam o universo habitual de histórias. Não quer casar, tem roupas diferentes e animais assustadores. E, com tudo isto, faz as delícias das crianças, mostrando-lhes que nem todas as princesas querem um príncipe ou que precisam dele para serem felizes para sempre. Este livro potencia essa reflexão, mas também abre portas para inúmeras atividades e para a imaginação das crianças. (Wook).

“Apaixonado” 2-A DAU (40588) BMC
Um maravilhoso livro escrito e ilustrado por Rébecca Dautremer.
Ernesto está apaixonado pela Salomé, mas não sabe como dizer-lhe. Todos querem dar a sua opinião. Apaixonar-se é...
Um livro fascinante para entrar nos mistérios e segredos do amor. (Wook)

“Se eu fosse muito alto” 2-A MOT (30975) BMC
Livro recomendado para o 1.º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.
António Mota conta aos pequenos leitores o que seria possível fazer caso se fosse muito alto. André Letria ilustra de forma original as ideias por vezes irreais, mas repletas de criatividade O resultado é absolutamente hilariante. Ideal para crianças em idade pré-escolar. Para aprender, imaginar, sonhar... (Wook)

“Lola na quinta” 2-A WES (33036) BMC
A menina Lola vai visitar a quinta e a sua presença acaba por causar um enorme reboliço entre os animais. (Wook)

“O elefante Cor-de-rosa “2-A DAC (41184) BMC
Livro recomendado para o 2.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.
Reedição de um pequeno conto de Luísa Dacosta - porventura um dos mais emblemáticos da sua obra no domínio da literatura infantil -, que conserva as ilustrações originais da primeira edição (de 1974), da autoria de Armando Alves. A história desenrola-se em torno de um pequeno elefante cor-de-rosa, que é a cor dos sonhos das crianças, e fala-nos, num primeiro momento, do "mundo amável" em que ele vivia, juntamente com outros elefantes cor-de-rosa. Era um mundo de paz e de alegria, onde não havia sofrimento. Confrontado, num segundo momento, com a morte inesperada deste seu mundo, o elefante vê-se obrigado a partir e acaba por ir viver para a imaginação de uma criança! Uma história de sonho e fantasia, que aborda, porém, ainda que de forma magistralmente subtil, valores tão importantes como a amizade, a solidariedade e a entreajuda. Aparentemente simples, na forma e no conteúdo, este pequeno conto revela-se, afinal, fortemente cativante, seduzindo tanto pela riqueza das emoções que desperta como dos simbolismos que encerra - tão ao jeito de Luísa Dacosta! (Wook)

“Um pesadelo no meu armário” 2-A MAY (34548) BMC
Livro recomendado para o 1.º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.
No meu armário havia um pesadelo, mas um dia decidi encará-lo e livrar-me dele para sempre. (Wook).

“Meu amor”
Mãe, vais amar-me durante toda a vida? - pergunta o Gonçalo. É desta forma que começa este livro maravilhoso e comovente que conta a história do amor de uma mãe pelo filho. Um livro que nos pertence a todos, que nos comove do princípio ao fim e que nos relembra que este é um amor incondicional!
A destacar: ideal como presente; texto comovente e divertido; apresenta de forma interessante e a partir da perspetiva da mãe o que a criança faz bem e mal; reforça a certeza de que uma mãe amará os seus filhos aconteça o que acontecer. (Wook)

2-A DES (43213) BMC

“Boa viagem bebé”
A viagem vai ser grande. Não me posso esquecer de nada… O bebé prepara-se para fazer uma viagem. Junta o biberão, o peluche, a chucha e, claro… o seu livro preferido. O papá muda-lhe a fralda e veste-lhe um superfato de viagem. A mamã pega-o ao colo e liga o motor colorido. Chegou o momento: boa viagem, bebé! Uma história ternurenta e bem-humorada sobre o ritual diário de um bebé e da hora de ir para a cama. (Wook)

2-A ALE (40408) BMC

“Quero a minha Mãe”
Primeiro apareceram os livros, depois foram adaptados para formato televisivo, actualmente em exibição no programa Zig Zag da RTP 2, a verdade é que ninguém fica indiferente às histórias da pequena Princesinha. Tony Ross soube aproximar-se do universo dos mais jovens leitores e criou uma personagem que apesar de pertencer à realeza, vive aventuras como qualquer outra criança da sua idade. Neste novo livro, a Princezinha depois de diversas peripécias chama por uma figura recorrente: a sua mãe. E só ela consegue resolver os obstáculos com que a filha se depara, como daquela vez em que afirmou com toda a certeza em como não havia nenhum monstro debaixo da cama, ou quando elogiou um desenho borratado afirmando que lhe parecia um dia de chuva. No final, os leitores vão ter uma enorme surpresa, em vez de ser a princezinha a chamar pela mãe, é a mãe a chamar por ela. Quem diria? (Wook)

2-A ROS (35594) BMC

“O coala que foi capaz”
O Kevin é um coala que gosta de manter tudo na mesma, exatamente na mesma. Mas quando um dia a mudança surge sem ser convidada, o Kevin descobre que a vida pode estar cheia de novidades e ser maravilhosa! Dos criadores de O Leão Que Temos Cá Dentro, esta é uma história bem engraçada para quem acha que a mudança é um bocadinho preocupante.

2-A BRI (45006) BMC

“Coração de Mãe”
Esta história fala-nos de um cordão umbilical entre a mãe e os filhos que nunca se corta, apenas estica.
Assim se desvendam alguns mistérios das mães. O olhar os filhos com uma centelha nos olhos, o cuidar deles - no fundo tudo o que acontece ao filho - espelha-se no coração da mãe. (Wook)

2-A MAR (35118) BMC

“O Tomé não gostava de assoar o nariz”
"O Tomé ouvia distraidamente a conversa e estava ranhoso como de costume.
Espontaneamente passou uma das mangas da sua camisola pelo nariz, deixando nela o rasto da "passagem do caracol"!
A médica ao reparar naquele gesto perguntou:
- Então Tomé, tu ainda não aprendeste a assoar o teu nariz?
O Tomé corou..." (Wook)

2-A CAS (43300) BMC

“Serei uma plantinha daninha?”
Serei uma plantinha daninha? Conta-nos a história de uma pequena semente que tem medo de vir a ser uma planta daninha. Na horta, junto de outros frutos e legumes, ela cresce muito confusa, por não saber, ao certo, o que virá a ser. Neste conto, para crianças pequenas, encontramos uma plantinha que, como qualquer um de nós, tem as suas dúvidas e receios…”

2-B CAN (45396) BMC

LINKS PARA EBOOKS

Leia o livro “O crime do padre amaro”, Eça de Queirós (PDF) em

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/03/O-Crime-do-Padre-Amaro.pdf

Livro o livro “Os Maias”, Eça de Queirós (PDF) em

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/02/Os-Maias.pdf

Leia o livro “A relíquia”, Eça de Queirós (PDF) em

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/03/A-Rel%C3%ADquia.pdf

Leia o livro “A ilustre casa de Ramires”, Eça de Queirós (PDF) em

http://projectoadamastor.org/a-ilustre-casa-de-ramires-eca-de-queiros/

Leia o livro “A Cidade Depois”, Pedro Paixão (versão PDF)

http://www.pedropaixao.net/PedroPaixao-ACidadeDepois.pdf

Leia o livro “Os esteiros”, Soeiro Pereira Gomes (versão PDF) em

https://www.dropbox.com/s/ro8v6hja5s2zgqc/SoeiroPereiraGomes_Esteiros.pdf?dl=0

Leia o livro “Contos e Fantasias”, Maria Amália Vaz de Carvalho (em PDF)

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/03/Contos-e-Fantasias.pdf

Leia o livro “O dominó preto”, Florbela Espanca (em PDF)

https://www.luso-livros.net/Livro/o-domino-preto/

Leia o livro “Contos de Andersen”, Hans Christian Andersen (versão PDF)

https://www.dropbox.com/s/9e7774585uktkuo/metas_aerm_andersen_contos_de_andersen.epub

eia o livro “Pérolas e Diamantes – Contos Infantis Ilustrados, Jacob Grimm e Wilhem Grimm (versão PDF) em

https://leitoresdigitais.files.wordpress.com/2013/06/perolasediamantes.pdf

Leia o livro “Contos Populares Portugueses”, de Adolfo Coelho (versão PDF)

https://www.dropbox.com/s/4jrc8l7xbcoiz9m/aerm_Adolfo_Coelho_Contos%20_Populares_Portugueses.epub

Leia o livro “Fábulas de Esopo Ilustradas”, tradução e adaptação Carlos Pinheiro (versão PDF)

https://bibliotecadigital.agrcanelas.edu.pt/index.php?page=3&id=25

Leia o livro “Fábulas de La Fontaine”, La Fontaine (versão PDF)

https://www.dropbox.com/s/s9bfgyrmn3qy7o9/metas_aerm_la_fontaine_fabulas.epub

Livro “A escrava Isaura”, Bernardo Guimarães (em versão PDF)

http://projectoadamastor.org/a-escrava-isaura-bernardo-guimaraes/

Livro “Húmus”, Raul Brandão (em versão PDF)

https://www.gutenberg.org/files/39618/39618-h/39618-h.htm

Livro “Os Maias”, Eça de Queirós (em versão PDF)

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/02/Os-Maias.pdf

Livro “Auto da Barca do Inferno”, Gil Vicente (em versão PDF)

https://www.luso-livros.net/wp-content/uploads/2013/03/Auto-da-Barca-do-Inferno.pdf


KoboBooks – Livraria da Kobo em pt

http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/biblioteca/

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp

https://elivros.info/

https://www.luso-livros.net/

https://leitoresdigitais.wordpress.com/

http://bemarquesdemarialva.blogspot.com/

http://projectoadamastor.org/  

http://projectoadamastor.org/17-websites-onde-pode-descarregar-gratuitamente-ebooks-em-portugues/

OUTROS DESTAQUES - DALAI LAMA

Dalai Lama

Tenzin Gyatso nasceu no dia 6 de julho de 1935, na aldeia de Takster, no nordeste do Tibete. Oriundo de uma família de camponeses, com apenas dois anos, Tenzin foi reconhecido como a reencarnação do seu predecessor Thubten Gyatso, o 13º Dalai Lama. A expressão Dalai Lama significa “Oceano de Sabedoria” (“dalai” significa oceano, em mongol; “lama”, mestre ou guru, em tibetano).

Com quatro anos de idade, Tenzin Gyatso foi separado da sua família e levado para o Palácio de Pontala, situado na montanha Hongsham, na cidade de Lhasa, capital do Tibete. Aí iniciou uma rigorosa preparação para assumir a liderança como 14.º Dalai Lama. Recebeu aulas de filosofia budista, arte e cultura tibetana, gramática, inglês, astrologia, geografia, história, ciências, medicina, matemática, poesia, música e teatro. Depois de ocupar o cargo de líder espiritual do povo tibetano, com uma cerimónia de reconhecimento em 1949, em Lhasa, passou a chamar-se Jamphel Ngawang Lobsang Yeshe Tenzin Gyatso, assumindo o poder político total.

Em 1950, quando o Tibete foi invadido pela China, o Dalai Lama, então com 15 anos, saiu do Tibete, exilando-se com a sua família e seguidores na Índia. No decurso desse exílio, o governo tibetano foi instaurado em Dharamsala, cidade situada nos Himalaias.

Ao contrário dos seus predecessores que nunca viajaram para o Ocidente, Tenzin Gyatso, o 14º Dalai Lama, tem viajado pelo mundo, apelando à bondade, à compaixão, ao respeito pelo meio ambiente e, sobretudo, à preservação da paz no mundo.

Com uma extensa bibliografia, o Dalai Lama recebeu inúmeros prémios honorários, atribuídos pelos diversos países em que discursou, sendo o mais importante de todos, o Prémio Nobel da Paz, recebido em 1989.



Nelson Mandela

JOSÉ SARAMAGO


Veja o documentário “José Saramago – 26/10/1998) em
https://www.youtube.com/watch?v=Wt8qVW2xlzU

Veja o documentário “José Saramago 1922/2010” em
https://www.youtube.com/watch?v=lp83Svym3KE

Veja o documentário “José e Pilar” em
https://www.youtube.com/watch?v=K4z_gjH9sA8

Veja o documentário “Levantado do chão”, José Saramago em
https://www.youtube.com/watch?v=wwzwDzTw0_g

Veja “José Saramago” (entrevista Ana Sousa Dias) em
https://www.youtube.com/watch?v=4OjpbODwM8k

Veja “José Saramago – Entrevistas raras” em
https://www.youtube.com/watch?v=9tQumqQ8eD0

Veja o documentário “Universidade Aberta – Documentário José Saramago” em
https://www.youtube.com/watch?v=9WB8zZUHwyQ

Veja o filme de animação “A maior flor do mundo” em
https://vimeo.com/3691184

Ouça o conto “A maior flor do mundo”, José Saramago em
https://www.youtube.com/watch?v=Sph9vYGdAfc

Ouça o conto “O silêncio da água”, José Saramago em
https://www.youtube.com/watch?v=TFXkr4Cnv1k




EÇA DE QUEIRÓS

Veja links para ebooks

MARIA VELHO DA COSTA


Leia o artigo “Morreu a escritora Maria Velho da Costa”, RTP Cultura em
https://www.rtp.pt/noticias/cultura/morreu-a-escritora-maria-velho-da-costa_n1231339
Veja o vídeo “Morreu Maria Velho da Costa, uma escritora do mundo” em
https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/morreu-maria-velho-da-costa-uma-escritora-do-mundo/5ecadba50cf2634381ae7d73
Veja o vídeo “Mulheres e Revolução” de Maria Velha da Costa
https://www.youtube.com/watch?v=hRHBv6QP6V8
Veja a “Entrevista a Maria Velho da Costa” (1977) em


Veja as receitas “Bolo de mel” e “Bolo podre” em Mãos à obra

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor



Clique para ouvir o Audiolivro


DESTAQUE DA SEMANA - Maria Eugénia Cruz

Maria Eugénia Cruz
Nelson Rolihlahla Mandela nasceu na África do Sul, no dia 18 de julho de 1918.
Importante líder político da África do Sul, Mandela lutou ativamente contra o movimento do Apartheid, legislação que segregava a população negra no país. Em 1964, foi condenado à prisão perpétua, permanecendo durante 27 anos em várias prisões. Depois de grande pressão internacional, foi libertado em 1990.
Em 1993 Nelson Mandela foi galardoado com o Prémio Nobel da Paz, pela sua luta contra o regime de segregação racial e pela busca dos direitos civis e humanos no país.
Nelson Mandela foi o primeiro presidente negro democraticamente eleito da África do Sul, ocupando o cargo entre 1994 e 1999, sendo responsável pelo fim do regime segregacionista no país e também pela reconciliação de grupos internos sul africanos.
Mandela faleceu em 2013.


Maria do Rosário Nunes


Raquel Carvalho



O Marajá faz anos, Jorge Vassallo

Depois do livro em que relata a louca aventura de 5000 km pela Índia, ao volante de uma vespa, neste segundo volume da trilogia “Tudo é Possível!”, o viajante Jorge Vassallo recua dezasseis anos no tempo, até à sua primeira viagem neste país, em 2003. A festa de aniversário do Marajá de Jaipur, que dá nome ao livro, é só uma de muitas peripécias, como aquela no Deserto do Thar, com um camelo chamado Mister Buda, ou o acidente de mota em Goa, que o levou a conhecer os meandros de Bollywood, ou até mesmo o assalto num comboio noturno, à saída de Varanasi.
Jorge Vassallo é autor do blog de viagens “fuidarumavolta” e de vários livros de viagem, como “Até onde vais com 1000 euros?” e “Indochina". O seu bisavô foi o último governador da Índia portuguesa, e essa ligação emocional com o país está bem retratada no livro. Conta já com sete dezenas de países no currículo, sendo assim o que hoje se chama de um “viajante profissional”, tendo mesmo colaborado com a agência de viagens Nomad, durante 9 anos.
Como gosto de viajar, não podia ter escolhido outro livro que não um que me fizesse viajar, sem sair de casa. As aventuras do autor na Índia transportaram-me de novo para este país, que adorei visitar. É o livro mais sonoro que conheço, característica indissociável da Índia. Quem o lê, sente-se companheiro de viagem do autor, e vivencia as peripécias do mesmo. É uma leitura cativante que não queremos que acabe.
Espero que gostem tanto como eu e… boas viagens!

Raquel Carvalho,  Animadora Sociocultural






António Samelo








5 de outubro






PAULO COELHO



Paulo Coelho de Souza nasceu no Rio de Janeiro, no dia 24 de agosto de 1947. Filho de Lygia Araripe e de Pedro Paulo Queima Coelho de Souza, aos 7 anos foi estudar para o tradicional Colégio Santo Inácio, na sua terra natal, mostrando desde cedo gosto pela escrita. No colégio participou em concursos de poesia e cursos de teatro. O seu pai sempre ambicionou que ele fosse engenheiro e, por esse motivo e devido a constantes discussões, Paulo Coelho teve de ser internado numa clínica de repouso e tratado por psicólogos.

Na década de 1960, antes de se dedicar à escrita, Paulo Coelho entrou no mundo do teatro como diretor e ator. Foi também compositor e jornalista, escrevendo letras para músicos famosos, como Elis Regina e Rita Lee.

No início de 1970, Paulo Coelho conheceu o movimento hippie e as drogas. O seu fascínio pela busca espiritual teve início nessa época. Ao viajar pelo mundo, obteve uma série de experiências enriquecedoras, visitando sociedades secretas e religiões orientais. Em 1982, editou o primeiro livro, Arquivos do Inferno e, em 1985, participou no livro Manual Prático do Vampirismo.

Em 1986, a experiência resultante da peregrinação que fez pelo Caminho de Santiago foi descrita na sua obra O diário de um Mago. No ano seguinte, publicou O Alquimista, que se tornou o livro brasileiro mais vendido de todos os tempos, tendo vendido, até finais de 2003, 65 milhões de exemplares. Com o livro Onze Minutos, e, de acordo com a revista americana Publishing Trends, Paulo Coelho foi o autor mais vendido no mundo em 2003.

Considerado pela Revista Época, em 2009, um dos 100 brasileiros mais influentes, o trabalho do autor está traduzido em 56 línguas e editado em mais de 150 países.

Paulo Coelho vive em Genebra, na Suíça, desde 2007.




DANIEL NEVES COSTA



RITA FAUSTINO


MANUEL CIDALINO MADALENO




RUI MUNHOZ



Veja o documentário “Ferreira de Castro e Ossela |O escritor visto pela sua terra” em
"Ferreira de Castro e Ossela |O escritor visto pela sua terra"


Veja o documentário “Ferreira de Castro”, por José Hermano Saraiva em
"Ferreira de Castro"


Leia o livro “A selva”, de Ferreira de Castro ( PDF) em
"Ferreira de Castro"





NOÉMIA CASTELO-BRANCO
Leia “Os miseráveis”, de Victor Hugo, em PDF em
"Os Miseráveis"



FÁTIMA NEGRÃO



ANTÓNIO FRESCO


Leia “Capitães da areia”, de JOrge Amado em PDF em https://www.lendo.org/wp-content/uploads/2008/04/capitaes-da-areia.pdf



LURDES BOAVIDA


Leia “Os noivos”, de Alessandro Manzoni em PDF em https://pt.scribd.com/document/383361285/Alessandro-Manzoni-Os-Noivos-Ed-Paulinas-Portugal-P-B



MARQUERITE DURAS



Leia o artigo Marguerite Duras, do jornal Público (3.3. 2006) em 

https://www.publico.pt/2006/03/03/jornal/marguerite-duras-66262


GEORGE ORWELL




Leia o livro em PDF em https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4118309/mod_resource/content/1/1984%20-%20George%20Orwell.pdf
http://www.dhnet.org.br/direitos/anthist/marcos/hdh_george_orwell_1984.pdf

MIGUEL TORGA







ISABEL ALLENDE


DESTAQUE AUTORES LOCAIS - OLGA RESI



OLGA RESI





CARLOS GARCIA





SILVÉRIO MANATA





ANTÓNIO CANTEIRO




Leia em SAPOMAG “Prémio Literário António Cabral 2019 atribuído ao poeta António Canteiro
https://mag.sapo.pt/showbiz/artigos/premio-literario-antonio-cabral-2019-atribuido-ao-poeta-antonio-canteiro

Leia em MIRAONLINE “António Canteiro: Homem que escreve e descreve o coração da Gândara em
http://miraonline.pt/antonio-canteiro-homem-que-escreve-e-descreve-o-coracao-da-gandara/

Leia em Diário As Beiras “António Canteiro vence Prémio Literário António Cabral 2019” em
https://www.asbeiras.pt/2019/10/antonio-canteiro-vence-premio-literario-antonio-cabral-2019/



FERRO SANTOS






JOÃO ENCARNAÇÃO REIS



IDALÉCIO CAÇÃO


Leia “Sobre o escritor Idalécio Cação”, por António Canteiro





JAIME CORTESÃO








AUGUSTO ABELAIRA





VER



CARLOS DE OLIVEIRA








Leia o Livro “Uma abelha na chuva”,  em PDF Uma Abelha na Chuva

Veja o Filme “Uma abelha na chuva”,  em  https://www.youtube.com/watch?v=ajlsqaVZE6U

Conteúdo atualizado a 31.07.2020